Ofensor(MV)/BobLangrish

Portugal revela os campeões Puro Sangue Lusitano do 18º Festival Internacional

Ofensor(MV)/BobLangrish

As fêmeas levaram a melhor e foi de Única, uma filha de Ofensor (MV) e de propriedade da Companhia das Silveiras, o título de Campeã dos Campeões do mais importante evento do cavalo Lusitano em Portugal, realizado entre 14 e 17 de junho, no Hipódromo Manuel Possolo, em Cascais.

Na mais concorrida das competições, o concurso de Morfologia (modelo) e Andamentos, o reprodutor Ofensor – criação de Manuel Tavares Veiga – voltou a fazer brilhar sua cobiçada descendência na vitória de Única (Ofensor em Jaleca por Trinco). Em 2004, outros dois filhos de Ofensor brilharam em pista: Violino foi o Campeão dos Campeões do evento, e Vistosa venceu entre as fêmeas.

Entre os machos, o campeão do 18º Festival Internacional foi Rája (Larápio em Heroína por Distinto), criação de Manuel Coimbra e propriedade da Coudelaria Torres Vaz Freire.

Os reprodutores Ofensor e Larápio, pais dos campeões, foram exportados para o Brasil. Ofensor serve nas Fazendas Interagro, enquanto Larápio foi vendido recentemente por Luiz Salgado para Dominique Barbier, nos Estados Unidos.

Com os títulos de Vice-campeões ficaram Alteza, criação e propriedade da Sociedade das Silveiras, pelas fêmeas; e R-Kazan – o campeão de 2005 – entre os machos.  R-Kazan é criação de Catherine Viasse e José Manuel Correia Lopes.

Nordeste foi eleito o Melhor Cavalo de Toureio de 2005 com o cavaleiro António Maria Brito Paes. Nordeste é de Criação da Coudelaria Mário Vinhas.

Pedro Ferraz da Costa foi eleito o Melhor Criador do 18º Festival Internacional do Puro Sangue Lusitano de Portugal.

Nas provas funcionais, o destaque do Adestramento foi o brasileiro Nostradamus do Top, campeão do Grande Prêmio com média de aproveitamento de 63,75%. Nostradamus é criação de Antonio de Toledo Mendes Pereira e propriedade da Coudelaria Félix da Costa.


Cadastre-se e fique por dentro das novidades e promoções exclusivas a assinantes

SHARE THIS