Revista Horse: II Festival do Cavalo Lusitano reúne diversas provas

Bomilcar Interagro & Martina Brandes/Interagro Lusitanos

05/03/2014 – Revista Horse: II Festival do Cavalo Lusitano reúne diversas provas

Foram dois dias de programação intensa, onde a raça desfilou qualidade genética e mostrou versatilidade.

No evento de abertura da temporada 2014 da Associação Brasileira de Criadores do Cavalo Puro Sangue Lusitano (ABPSL), dias 21 e 22 de fevereiro, em Avaré (SP), Orpheu de Souza Ávila Junior, do Haras O.A, de Boituva (SP), levou para casa o cobiçado troféu da II News Breeder´s Cup, o concurso de morfologia onde só podem ser inscritos animais da própria criação. A pontuação dos animais muito próxima deu o tom da disputa.

Nas competições funcionais não foi diferente. Na Equitação de Trabalho foi dada a largada por uma vaga no Mundial de Equitação de Trabalho. No Campeonato Brasileiro de Atrelagem da Confederação Brasileira de Hipismo (CBH) e no Derby da Associação Brasileira de Atrelagem (Abrat), o domínio foi do cavalo Lusitano. E no Adestramento, a competição registrou a estréia de novos conjuntos.

Palco da ExpoNelore Avaré, uma das principais mostras pecuárias no Brasil, o Puro Sangue Lusitano se distribuiu em três pistas do Parque de Exposições Dr. Fernando Cruz Pimentel. Foram dois dias de programação intensa, onde a raça desfilou qualidade genética e mostrou versatilidade.

II NEWS BREEDER´S CUP

Três novas gerações do cavalo Lusitano foram avaliadas por Nuno Santos Pereira, de Portugal, na tarde do sábado 22. Divididos por sexo e idade, passaram pela pista animais da geração I (um ano de idade), H (dois anos) e G (três anos). A soma de pontos obtida por cada animal definiu o ranking dos criadores. A disputa foi acirrada, e quem levou a melhor foi Orpheu Ávila, do Haras O.A., de Boituva (SP), que somou 289 pontos, garantindo o troféu da II News Breeder´s Cup da ABPSL.

Empatados em segundo lugar com 287 ficaram três criadores: Manuel Tavares de Almeida Filho (Coudelaria Rocas do Vouga, de Itu/SP), Ismael Gonçalves da Silva (Haras IGS, de Itaí/SP) e Aldo e Clélia Araújo Pinto (Castanheiro Agropastorial Ltda). Em 5º lugar com 188 pontos se posicionou Flávio Rafael Monteiro (Haras Imperial, de Arandu/SP).

O criador Ismael Gonçalves da Silva se destacou com vitória em três das seis categorias: nas fêmeas com as campeãs Hipotenusa IGS (2ª categoria) e Gardênia IGS (3ª categoria) e entre os machos com Harry Potter IGS (2ª categoria).

O animal de pontuação mais elevada foi Índia O.A., campeã da geração I, que totalizou 75 pontos. Filha de Vencedor JB em Povoa da Pitangueiras, Índia O.A. foi a única fêmea medalha de ouro. De pelagem castanha, a potra é de criação de Orpheu Ávila.

Já entre os machos o ouro ficou para Galeno do Castanheiro, campeão de dois anos, que alcançou 74 pontos, a segunda melhor pontuação da News Breeder´s Cup. O alazão de três anos é de criação de Clélia Erwenne Araújo Pinto.

Três animais empataram com 73 pontos: Gardênia IGS, criação de Ismael Gonçalves da Silva, e os machos Ideal do Vouga e Indiscutível do Vouga, ambos de criação de Manuel Tavares de Almeida Filho.

Com 72 pontos ficaram dois animais de criação de Ismael Gonçalves da Silva: a fêmea Hipotenusa IGS e o macho Indiana Jones IGS.

O prêmio de Melhor Apresentador ficou para Marco Antonio Aires da Silva, do Haras IGS.

Campeões por categoria

Entre as fêmeas da geração I, vitória de Índia O.A., criação de Orpheu Ávila. O criador Ismael Gonçalves da Silva apresentou as campeãs de dois e três anos de idade, ambas com medalha de prata: Hipotenusa IGS com 72 pontos e Gardênia IGS com 73 pontos.

Entre os machos, três criadores fizeram campeões. Manuel Tavares de Almeida Filho apresentou Indiscutível do Vouga, campeão da 1ª categoria com 73 pontos. Ismael Gonçalves da Silva apresentou Harry Porter IGS, campeão da 2ª categoria com 67 pontos. Clélia Araújo Pinto faturou o título da 3ª categoria com Galeno do Castanheiro CAP que fez 74 pontos.

COPA DE ADESTRAMENTO

Realizada na tarde de sexta-feira 21, a Copa de Adestramento contou com participação de conjuntos em seis diferentes séries.

Ricardo Espósito montando Estrelicia do Juliana somou 6,3 pontos e venceu na Cavalos Novos 5 anos.

Na série Elementar Profissional o campeão foi Paulo César Candinho com Falcão DR (62,600%), sendo vice-campeão Pedro Oliveira montando Everest Juruá (59,792%).

Pela série Preliminar Profissional, o primeiro lugar do pódio foi dividido entre dois conjuntos que finalizaram com média de 65,345%: Edmar M. Brito montando Eucedo Interagro e Marcelo Alexandre com Duelo dos Pinhais.

DarkLordInteragro_Avare_feb14-3767
DarkLordInteragro_Avare_feb14-3767

Patrícia Helena G. Brito montando Dark Lord Interagro venceu na série Média I com média final de 65,000%, onde Edmar M. Brito voltou ao pódio como vice-campeão montando Destinado Interagro (64,571%).

A série Média II teve como campeã Martina Irene conduzindo Bomilcar Interagro (66,184%), conjunto versátil que também é destaque nas competições de Atrelagem.

O experiente Edneu José Senhorine foi o campeão da Forte II montando Argos do Vouga (63,289%), Vicente Paulo de Souza com Colorado HI (61,711%) ficou com a faixa de vice-campeão.

EQUITAÇÃO DE TRABALHO

A largada por uma vaga no Mundial de Equitação de Trabalho, em junho, na Áustria, começou no Campeonato Brasileiro ABPSL da modalidade. Apenas os concorrentes da categoria Principal podem se habilitar a vaga. E quem venceu na I Etapa foi Rafael Grumann montando Vital do DPC com 21 pontos. O vice-campeão foi Victor Trielli Ávila com Valioso NP (19 pontos). O terceiro lugar ficou para o veterano na modalidade Luis Carlos Oliveira que estreou em pista Xaveco Interagro e fez 19 pontos, mesmo não competindo na Velocidade em razão de problemas com sua montaria.

Motivados pela premiação especial no final do ranking do Campeonato – um carro popular, 0 km, que será sorteado entre todos os competidores -, veteranos e novatos entraram em pista durante o II Festival do Cavalo Lusitano de Avaré.

Adriano Soares com Ulisses do Castanheiro mostrou toda sua experiência em pista ao alcançar nota máxima nas três provas, totalizando 27 pontos, garantia do lugar mais alto no pódio da categoria Proprietário/Amador. A faixa de vice-campeão ficou com Rodrigo Betarelli montando América IGS (14 pontos).

Também com nota máxima nas três provas (27), Diego Fernando Ferreira da Silva montando Dorus Interagro foi o campeão da categoria Cavalos Novos. O vice-campeão foi Luciano dos Anjos montando Ebro do Castanheiro (21).

O veterano Adilson Correa Leite montando Almansor Juruá teve vitória apertada (21 pontos) na Intermediária, a categoria mais concorrida da etapa. A faixa de vice-campeão ficou com Sérgio Antunes de Oliveira montando Colírio das Mangueiras (20 pontos).

Por equipe, saiu na frente no ranking do Campeonato a equipe Amarela com 61 pontos. O time é formado por Adriano Soares/Ulisses do Castanheiro, Almir Marinho/Centauro dos Sonhos, Luciano dos Anjos/Bethoven do Castanheiro e Victor Trielli Ávila com Valioso NP.

A vice-campeã foi a equipe Preta (48 pontos) formada pelos conjuntos Edvan Moura/Duque Juruá, Adilson Correia Leite/Almansor Juruá, Francisco Assis/Uno VA e Pedro Oliveira/Xaron Juruá.

ATRELAGEM

Um Concurso Especial de Atrelagem foi atração da pista de grama durante o sábado 22. Aberto a todas as raças, o Concurso contou com a prova de Maneabilidade que abriu o Campeonato Brasileiro de Atrelagem da Confederação Brasileira de Hipismo (CBH), e o Derby da Associação Brasileira de Atrelagem (Abrat).

Nas disputas, que contaram com presença de competidoras da Argentina e do Chile, o cavalo Lusitano, notoriamente da Fazenda Interagro, dominou o pódio.

Na Maneabilidade da CBH, as disputas foram divididas em single, parelha e quadra.

Na single, categoria Amador Avançado, o campeão foi Caio Monte Cláudio conduzindo Semaneiro Interagro. Com a faixa de vice-campeão ficou Márcio Narezzi conduzindo Brilho SA.

Na categoria Profissional venceu Martina Irene Brandes conduzindo Bomilcar Interagro, sendo sua vice a campeã nacional chilena Teresa Guzman conduzindo Arges Interagro.

Na categoria Infanto-Juvenil a vitória foi de Luisa Demachi, da Argentina, que conduziu Alquimista do Top. E na categoria Iniciante, o melhor resultado da raça foi o quarto lugar de Luis Carlos Oliveira conduzindo Boticário do Top.

Na parelha, o melhor resultado do cavalo Lusitano foi a faixa de vice-campeão conquistada por Fábio Roberto da Silva conduzindo Cagliostro e Cadmus Interagro. Valentim Martins de Brito ficou em terceiro lugar conduzindo Comanche e Demócrito Interagro.

Na quadra, o primeiro lugar do pódio foi de Antonio Mariano de Souza conduzindo Cadmus, Cagliostro, Comanche e Demócrito, todos sufixo Interagro.

No Derby válido como I etapa do ranking da Abrat, a disputa foi com um e dois cavalos.

Na single, voltou a vencer na Amador Avançado Caio Monte Claudio com Semaneiro Interagro. O mesmo cavaleiro ficou em terceiro lugar conduzindo Alquimista do Top. Pela categoria Profissional a campeã foi a chilena Teresa Guzman que conduziu Arges Interagro, e em terceiro lugar se posicionou Martina Irene Brandes conduzindo Bomilcar Interagro. Outra convidada estrangeira, Luisa Demachi, da Argentina, foi a campeã da Infanto-Juvenil conduzindo Alquimista do Top.

Na parelha, o melhor resultado do cavalo Lusitano foi de Antonio Mariano de Souza conduzindo Cadmus e Cagliostro Interagro. Com a mesma parelha, Fábio Roberto da Silva ficou em terceiro lugar.

Rute Araújo – ABPSL


Cadastre-se e fique por dentro das novidades e promoções exclusivas a assinantes

SHARE THIS