Carregando Eventos

« Todos Eventos

  • Este event já passou.

Feriado Municipal: Festa em Louvor a São Benedito

maio 13

LogosApoio-Interagro

Hoje estamos fechados, consulte datas disponíveis para agendamento de visita aqui


 

 

PARÓQUIA
A paróquia de São Benedito de Itapira foi criada e instalada em 5 de novembro 1965 pelo Arcebispo de Campinas, Paulo de Tarso Campos, sendo seu primeiro pároco o Padre José Roque de Paiva.
Localizada no largo e bairro de mesmo nome, onde ocorre a famosa festa em louvor a São Benedito (“Festa de Maio”), comemorada em Itapira no dia 13 de Maio, dia da libertação dos escravos no Brasil.
A paróquia conta com as comunidades de Nossa Senhora de Fátima, Nossa Senhora das Graças, São Pedro, Santa Luzia, São José (Bairro do Rio Manso), São João Batista (Bairro do Pires), N. Sra. Aparecida (Bairro Santa Fé) e N. Sra. das Dores (Bairro Santa Cruz).
As principais Pastorais e Movimentos paroquiais são: Pastoral da Catequese, Grupo de Jovens, Pastoral da Saúde, Pastoral do Batismo, Acolhida, Dízimo, Perseverança, Equipe de Liturgia, Ministros, Grupo de Canto, Grupo de Oração, Vicentinos, Movimento das 1000 Ave Marias, Terço dos Homens, Pastoral dos Festeiros, Pastoral do Crisma, Movimento Capelinhas de São Benedito, Confraria de N. Sra. do Perpétuo Socorro, Pastoral de Cerimonial, Pastoral da Terceira Idade, CPP e CAEP.

PADROEIRO
Os pais de Benedito eram descendentes de escravos trazidos da Etiópia para o Ocidente, na atual região da Sicília, Itália. Foram libertos por seus senhores, tomando assim o sobrenome deles, como era costume. Chamavam-se Cristóvão Manassari e Diana Larcari (ou Arcan). Sua família era pobre e o Mouro, como Benedito era chamado, quando criança foi pastor de ovelhas e quando adolescente lavrava a terra. Com 18 anos decidiu consagrar-se ao Senhor mas, somente com 21 anos, foi chamado por um monge para viver entre os Irmãos Eremitas de São Francisco. Professou os três votos: pobreza, obediência e castidade.
Vivia em isolamento, vestido com um velho e remendado hábito, sempre descalço, não usava coberta nem colchão para dormir e fazia sacrifícios. Muitas pessoas iam procurá-lo e recebiam conselhos, orações e curas. Ele insistia em dizer que não era ele quem realizava aquelas curas e sim Deus e a Mãe de Jesus Cristo.
Nos processos da Igreja para canonização de São Benedito foi aceito que a única explicação para sua sabedoria era a de que possuía o dom da ciência infusa, isto é, em outras palavras, era iluminado pelo Espírito Santo.
Em 1589 Frei Benedito adoece e, contra todas as expectativas e convicção do médico, cura-se, conforme profetizara. Adoece novamente um mês depois sofrendo 29 dias seguidos. Cumprindo sua vontade, foi enterrado logo que morreu em vala comum, sem distinção de espécie nenhuma. O povo todo estava ausente, pois havia uma festa muito popular nesse dia.
Hoje não há cidade ou vila sem uma igreja ou um altar dedicado ao santo. Em sua honra são promovidas festividades pela religiosidade popular.
No Brasil, a festa em louvor a São Benedito é celebrada em 5 de outubro. Em Itapira, além da comemoração realizada em outubro, celebra-se também a Festa de São Benedito no dia 13 de maio, data da libertação dos escravos no Brasil, sendo esta a maior e mais tradicional festa da região.

Pároco: ADEMIR BERNARDELLI (PADRE)

Endereço: Largo São Benedito – S/Nº – Centro
Itapira/SP – CEP: 13974-007 – Cx Postal 30
Telefone: (19) 3863.1939 – (19) 3863.0924
E-mail: paroquia@paroquiasbi.org.br
Site: www.paroquiasbi.org.br

Detalhes

Data:
maio 13
Evento Category:
Evento Tags: